Notícias

Dívida pública é o maior gasto do governo

19/02/24 às 13:58 por Sindjuf/SE
  • Compartilhar via Facebook
  • Compartilhar via Twitter
  • Compartilhar via Whatsapp
  • Compartilhar via Email

 

 

Somente em 2023, o gasto do setor público (União, Estados/municípios e estatais) com o pagamento de juros a bancos e demais rentistas foi de R$ 718,3 bilhões, o equivalente a 6,61% do PIB. O valor é R$ 131,9 bilhões maior do que o de 2022, quando este gasto foi de R$ 586,4 bilhões. Os  dados são do relatório de “Estatísticas fiscais”, divulgados pelo Banco Central (BC).

 

O principal responsável por este aumento é a taxa básica de juros, Selic, mantida em dois dígitos durante 2023 - caiu de 13,75 para 11,75. 

 

O montante pago em juros da dívida pública em todo o ano de 2023 é bem maior do que os valores investidos pelo governo federal no mesmo período em Educação (R$ 136 bilhões), Saúde (162,4 bilhões), Ciência e Tecnologia (12,7 bilhões), Defesa Nacional (82,7 bilhões). É que aponta o “Relatório Resumido da Execução Orçamentária do Governo Federal e Outros Demonstrativos”, publicado pelo Tesouro Nacional em janeiro deste ano. 

 

O Sistema da Dívida tem consumido a maior parcela do orçamento federal há muitos anos. Em 2023, 43,23% do dinheiro público foi destinado à dívida. Em 2024, o orçamento prevê ainda mais dos recursos para o pagamento dos juros e amortizações da dívida pública: 45,98%.


 

Clique na imagem para ampliar